Novinha Bem Gostosa De Sainha

78 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

78 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Novinha Bem Gostosa De Sainha

Novinha Bem Gostosa De Sainha

A mãe dele se virou pra mim e perguntou e você gabriel , vai ?"Tenho uma vizinha novinha, prestes a fazer 18 anos!Essa menina tem sido o tormento do meu dia a dia!Sou um cara casado, e minha esposa é amiga dela, de vez em quando ela entra lá em casa, aí é que aumenta minha apreensão. Fiz isso por um tempo e meti de novo na buceta sem avisar. Minha prima Aline já estava com 19 anos. Disse que não podia responder isso, pois ainda queria mais.

Vendo aquela cena Sérgio logo ficou com o pau duro novamente e veio para cima de mim.

Lembro de ter dito a ele q estava com muita vontade e ele tbm. Disse que talvez não tenha conseguido segurar o bastante porque as minhas mãos estavam afastando suas nadegas.

A empregada gostosa gemia alto, mas bem alto mesmo, não demorou muito para meu pai chegar na porta e perguntar o que estava acontecendo, eu falei que estava tudo bem, ele se retirou, então eu levei ela para o banheiro e continuamos a foder ali. Jorge foi logo baixando o meu calçâo e quando viu que eu não estav usando cueca foi logo dizendo, ta vendo paulinho, não te disse que ele já esperava por nós, me fez virar a bundinha pro lado do rapaz e disse, olha que coisa mais linda, pode passar a mão, eu tremia com as pernas bambas e agora era ele quem acabava de descer meu calção tirando por completo, Jorge me pegou de frente e abria minhas nádegas enquanto paulinho se abaixava e beijava minha bunda faminta, Jorge foi tirando minha camisa me deixando completamente nu, senti um frenesi maior quando senti a lingua de paulinho no meu reguinho descendo ate meu cuzinho, hummm quase desmaei, jorge aproveitou e baixou minha cabeça ate seu pau que ja tava pra fora da bermuda.

Eu adorei cada minuto, e já vi que você adorou também.

E aquela sainha colada, banhada em cerveja era distinção de Victória menina e Victoria mulher, que pecado.

Enfim, em uma tarde qualquer, minha mae me diz que eu teria que ir para a casa do meu tio pois ela e meu pai iriam viajar.

Ele abriu a porta, entraram e viram que não havia ninguém em casa.

Mais silêncio na linha…– Então Mauro, o que está acontecendo?– Desculpa “seu” Assis… É que fiquei sem palavras.